Cristão Luterano
Bem-vindo Visitante!

IMPORTANTE! LEIA!

Faça seu cadastro e tenha liberdade para ler todos os tópicos do fórum Cristão Luterano. Aproveite o cadastro para conhecer e aprender.

_________________________
crscapixaba-admin
ADMINISTRADOR





Leia as CONDIÇÕES E REGRAS do Fórum:


Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Jeremias 1.4-10
Ter Jan 29, 2013 5:23 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 4.14-21
Ter Jan 29, 2013 5:15 pm por crscapixaba-admin

» 1 Coríntios 12.1-11
Ter Jan 29, 2013 5:12 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 2.15-21
Ter Jan 29, 2013 4:58 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 3.15-17, 21-22
Ter Jan 29, 2013 4:44 pm por crscapixaba-admin

» Sofonias 3.14-20
Sex Dez 14, 2012 9:26 am por crscapixaba-admin

» 1 Tessalonicenses 3.9-13
Qua Nov 28, 2012 9:32 am por crscapixaba-admin

» Marcos 13.1-8
Ter Nov 20, 2012 10:05 am por crscapixaba-admin

» 1 Reis 17.8-16
Sex Nov 09, 2012 4:02 pm por crscapixaba-admin

Tópicos mais ativos

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 16 em Sab Mar 30, 2013 10:02 am

João 6.51-58 - 2º

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

João 6.51-58 - 2º

Mensagem por crscapixaba-admin em Sex Mar 25, 2011 10:45 am






Jo 6.51-58, Leandro D. Hübner


13º Domingo Após Pentecostes – 03 de setembro de 2006

________________________________________

Estimados irmãos e irmãs em Cristo.
Estamos novamente na época de campanha eleitoral. Os candidatos, especialmente a presidente e governadores, falam bastante de educação, segurança, emprego, alimento e saúde para o povo. No seu primeiro mandato, o presidente Lula lançou o programa Fome Zero, do qual havia falado quando era candidato. Muitos dizem que o Fome Zero não saiu do chão, outros dizem que funciona bem. Mas, se hoje o presidente ou um dos outros candidatos fosse convidar alguém pra fazer um programa assim decolar, certamente o melhor candidato seria Jesus, pois, no início do capitulo 6 de João, Jesus tinha alimentado mais de 5 mil homens, mulheres e crianças com apenas 5 pães e 2 peixes. E Em Mt 15 ele aparece alimentando outra multidão de mais de 4 mil pessoas com 7 pães e alguns peixinhos.
Jesus seria a pessoa ideal para matar a fome do nosso povo, sendo um ministro de governo especial. Quem não gostaria de ter um ministro ou presidente assim, que alimentasse o povo sem gastar quase nada?
Era isso que grande parte das pessoas alimentadas por Jesus estava pensando quando o procuraram de novo no dia seguinte. Queriam matar a fome – queriam pão! Jesus lhes diz então que seu Pai dá um pão que desce do céu e que dá vida ao mundo, e o povo pede:Queremos que o senhor nos dê sempre desse pão!
Nesse ponto Jesus entra no assunto que lemos no evangelho de hoje, com uma conversa estranha de que Ele é o pão vivo que desceu do céu. No v. 51 Jesus diz: Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer desse pão, viverá para sempre. E o pão que eu darei para que o mundo tenha vida é a minha carne.
Imaginem a surpresa daquelas pessoas – buscavam pão e Jesus lhes oferece a sua carne! E não só isso, vejam o v. 53: Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês não comerem a carne do Filho do Homem e não beberem o seu sangue, vocês não terão vida. Para nós, que sabemos que Jesus derramou o seu sangue na cruz e sacrificou ali o seu corpo e, antes disso, instituiu a Santa Ceia, não é tão difícil aceitar o que Jesus disse. Mas, para eles, isso era um absurdo!
A verdade, irmãos, é que Deus sabe que necessitamos de pão – para o corpo e para a alma. No AT Deus alimentou seu povo no deserto com o maná, o pão que caía do céu todos os dias, durante 40 anos. No NT, Cristo multiplicou pães e peixes para alimentar as pessoas, além de curar seus corpos de doenças e males. Mesmo assim, muitos se rebelaram contra Deus, desprezando o maná, como lemos em Nm 11. Estes, diz a Bíblia, foram condenados por Deus.
Para alma, Deus também nos enviou pão, o Pão da Vida, Jesus. Ele se tornou nosso alimento pelo sacrifício de sua carne e derramamento do seu sangue. Mas, muitos também rejeitaram Jesus, zombando dele: Como é que este homem pode dar a sua própria carne para a gente comer? (v. 52) Muitos hoje também rejeitam o Pão da Vida, e a esses Jesus diz: Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês não comerem a carne do Filho do Homem e não beberem o seu sangue, vocês não terão vida (v. 53).
Por isso, meu irmão e irmã, coma o pão vivo e viva para sempre! Jesus diz: Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Este é o pão que desceu do céu. Não é como o pão que os antepassados de vocês comeram e mesmo assim morreram. Quem come deste pão viverá para sempre (v. 54 e 58).
Aqueles que comeram o maná no deserto morreram, assim como nós vamos morrer fisicamente um dia, não importa se nos alimentamos muito ou pouco, bem ou mal. Mas, em Jesus, nós temos a vida que não é destruída pela morte. No v. 57 ele nos diz: O Pai, que tem a vida, foi quem me enviou, e por causa dele eu tenho a vida. Assim, também, quem se alimenta de mim terá vida por minha causa. E em Ap 1.18 afirma: Eu sou aquele que vive. Estive morto, mas agora estou vivo para todo o sempre. Tenho autoridade sobre a morte e sobre o mundo dos mortos. Comer o pão vivo garante a vida eterna!
Coma o pão vivo e viva para sempre ! Jesus deixa claro que o pão vivo, que é ele, é para ser comido e não apenas admirado. Assim como não serviria para nada Jesus multiplicar pães se esses não fossem comidos pelo povo, e não adianta ficarmos só admirando um pão bonito que ganhamos ou compramos, sem comê-lo, o pão vivo que desceu do céu é para ser comido e não admirado. Por isso Jesus diz: Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer desse pão, viverá para sempre. E o pão que eu darei para que o mundo tenha vida é a minha carne. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês não comerem a carne do Filho do Homem e não beberem o seu sangue, vocês não terão vida (v. 51,53).
Jesus não quer admiradores, cristãos que o admiram de longe, sem compromisso e sem envolvimento com ele. Jesus, o pão vivo, deve ser comido por nós, de duas formas:
• pela fé, como ele diz no v. 47: quem crê tem a vida eterna.
• no sacramento da SC, onde ele nos diz: comam, isto é o meu corpo; bebam, isto é o meu sangue.
Comer um pão exige e envolve ação – pegar o pão, mastigá-lo e engoli-lo. Comer o pão vivo – Jesus – exige e envolve ação também: crer, comer e beber Cristo!
Coma o pão vivo e viva para sempre ! O pão vivo é para todos, pois Deus oferece sua graça a todas as pessoas, como lemos em Is 55.1-2: O Senhor Deus diz: Escutem os que têm sede: venham beber água! Venham, os que não têm dinheiro: comprem comida e comam! Venham e comprem leite e vinho, que tudo é de graça. Por que vocês gastam dinheiro com o que não é comida? Por que gastam o seu salário com coisas que não matam a fome? Se ouvirem e fizerem o que eu ordeno, vocês comerão do melhor alimento, terão comidas gostosas. Muitos assim mesmo preferem passar fome espiritual, rejeitando o pão da vida:
• Muitos não crêem em Jesus como seu Salvador – muitos nem o conhecem;
• Muitos buscam Jesus apenas para ganhar o pão material – querem dele curas, milagres, dinheiro, fartura, etc.;
• Outros apenas admiram Jesus como um grande mestre, pregador do amor e da paz;
• Outras ainda ouvem sua Palavra, conhecem sua vontade, mas na “hora h” o abandonam, pois querem receber dele apenas benefícios e privilégios, mas não querem saber de compromissos no reino de Cristo.
Em qual destes grupos você se encaixa? Você é um daqueles que não crê? Ou é um que busca Jesus só para as coisas materiais, ou na hora do aperto? Você admira Jesus – e só isso? Ou você é mais um daqueles que ouvem Jesus, mas quando ele exige ação – crer, comer e beber de Cristo, isto é, compromisso com ele e seu reino, você cai fora?
Quando Jesus terminou essa conversa com o povo, muitos acharam difícil aceitar seus ensinamentos e o abandonaram, como vemos nos v. 60 e 66. Não o acompanharam mais, saíram de fininho, discretamente, sem alarde...
Não é isso que vemos também entre nós, irmãos e irmãs? Vejam os irmãos que abandonam Jesus em nossa congregação: eles vão deixando a Igreja – que é o corpo de Cristo – e a fé aos poucos – faltam num culto, dois, três..., não acham importante nem necessário participar de estudos bíblicos, não dão valor à comunhão com Cristo e com os irmãos na Santa Ceia, esquecem seu compromisso de sustentar o trabalho da igreja de Cristo com suas ofertas, não conseguem ter tempo para as coisas de Deus. Enfim, com diversas desculpas diferentes, muitos de nós queremos esconder o que realmente acontece: achamos difícil o que Jesus ensina e não queremos nos comprometer com ele nem com seu reino!
Coma o pão vivo e viva para sempre ! Você tem comido Cristo pela fé verdadeira nele? Pela participação na SC? Quantas vezes você come e bebe Cristo na SC por mês, por ano? Nossa média de participação nos cultos não chega a 50% dos membros, e na SC não chega a 30% dos que são confirmados! Poucos dão valor ao pão vivo! E aí Jesus é duro, não fala macio: Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês não comerem a carne do Filho do Homem e não beberem o seu sangue, vocês não terão vida (v. 53).
Coma o pão vivo e viva para sempre ! Naquele dia o povo perguntou a Jesus: O que Deus quer que a gente faça? E Jesus respondeu: Ele quer que vocês creiam naquele que ele enviou! Deus quer que a gente creia em Jesus, porque quer que a gente viva para sempre. Ele está oferecendo a você o pão vivo – Jesus – de graça, no seu programa Fome Espiritual Zero. Ele quer saciar a sua alma com o pão que faz viver para sempre. Para isso, ele só pede que você creia em Jesus e coma seu corpo e sangue.
Saciados por Jesus, nós somos transformados em agentes do Fome Espiritual Zero. Usando o lema do governo, podemos dizer assim: “ O cristão que do pão vivo come, ajudando o brasileiro que de Jesus tem fome”.
Coma o pão vivo e viva para sempre ! O pão vivo, Jesus, está aí, de graça, na Palavra de Deus e na SC. Não desperdice esse pão, aproveite e sacie a sua alma e a de muitos, para viver para sempre! Amém.

Leandro Daniel Hübner
Dionísio Cerqueira – SC – Brasil
Igreja Evangélica Luterana do Brasil
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


avatar
crscapixaba-admin
Admin

Masculino Pontos : 1051
Reputação : 0
Data de nascimento* : 17/06/1986
Data de inscrição : 16/03/2011
Idade : 31
Residência* Residência* : Jaraguá do Sul - SC

http://cristaoluterano.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum