Cristão Luterano
Bem-vindo Visitante!

IMPORTANTE! LEIA!

Faça seu cadastro e tenha liberdade para ler todos os tópicos do fórum Cristão Luterano. Aproveite o cadastro para conhecer e aprender.

_________________________
crscapixaba-admin
ADMINISTRADOR





Leia as CONDIÇÕES E REGRAS do Fórum:


Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Jeremias 1.4-10
Ter Jan 29, 2013 5:23 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 4.14-21
Ter Jan 29, 2013 5:15 pm por crscapixaba-admin

» 1 Coríntios 12.1-11
Ter Jan 29, 2013 5:12 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 2.15-21
Ter Jan 29, 2013 4:58 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 3.15-17, 21-22
Ter Jan 29, 2013 4:44 pm por crscapixaba-admin

» Sofonias 3.14-20
Sex Dez 14, 2012 9:26 am por crscapixaba-admin

» 1 Tessalonicenses 3.9-13
Qua Nov 28, 2012 9:32 am por crscapixaba-admin

» Marcos 13.1-8
Ter Nov 20, 2012 10:05 am por crscapixaba-admin

» 1 Reis 17.8-16
Sex Nov 09, 2012 4:02 pm por crscapixaba-admin

Tópicos mais ativos

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 16 em Sab Mar 30, 2013 10:02 am

Hebreus 5.5-10

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hebreus 5.5-10

Mensagem por crscapixaba-admin em Ter Mar 20, 2012 10:18 am





Hebreus 5:5-10,
5º Domingo na Quaresma, 25.03.2012


Prezada Comunidade, Irmãos e Irmãs!

Desde a infância, aprendemos com a família a sermos fiéis a Deus. Também aprendemos que Deus não nos abandona em nenhum momento de nossa vida. E que tudo pode mudar, mas a graça de Deus permanece para sempre.

Recentemente foi bordado por uma mulher teuto-brasileira um panô de parede (Wandschoner) com o dizer Ehrliche Hand geht durchs ganze Land (uma mão honesta atravessa/perpassa toda a terra). Ao ser perguntada sobre o significado dessa frase, ela nos disse que aprendeu em casa, com sua família, que a honestidade dignifica o ser humano. E que a desonestidade faz com que sejamos pessoas injustas conosco mesmo e com o próximo. A expressão Ehrliche Hand geht durchs ganze Land é um recado que a bordadeira nos dá para permanecermos fiéis aos valores que revelam a graça de Deus ao mundo. O mundo se transforma, mas a graça de Deus permanece para sempre.

Neste 5º Domingo da quaresma, ao refletir sobre a revelação de Deus em Jesus, com gratidão, reelaboramos o provérbio bordado e testemunhamos: Die Gnade Gottes geht durchs ganze Land (A graça de Deus perpassa toda a terra). A maior graça que recebemos é a presença de Deus em nossa vida. De diferentes maneiras, a Bíblia nos fala da presença de Deus no mundo. Convido a comunidade para a leitura de Hebreus 5.5-10:

(...)

O autor da carta aos Hebreus testemunha que Jesus é o Sumo Sacerdote, glorificado por Deus. Pela leitura, vemos que os hebreus a quem a carta foi dirigida estavam vivendo um conflito de fé. Provavelmente eram pessoas que desde a infância haviam aprendido que para obter a expiação dos pecados era necessário ir ao templo de Jerusalém levando animais para serem oferecidos a Deus como sacrifício. Por que foi necessário ser escrito uma carta explicando detalhadamente aos hebreus que Jesus era o Sumo Sacerdote, glorificado por Deus?

Os hebreus se esforçavam para manter vivos os ensinamentos testemunhados por seus antepassados. Conforme livro de Levítico (8.1-13), Deus se manifestou a Moisés pedindo para que ele ordenasse seu irmão Arão e seus filhos como sacerdotes. Arão foi ungido como sumo sacerdote. Uma vez por ano o sumo sacerdote entrava em lugar do templo de Jerusalém chamado santo dos santos para sacrifício expiatório. Neste momento sagrado, o sumo sacerdote se aproximava de Deus, intercedendo pelo povo. Por muitas gerações, o cargo de sumo sacerdote permaneceu entre os descendentes de Arão, da tribo de Levi. No Novo Testamento aparece o nome de três sumos sacerdotes: Anás, Caifás e Ananias. Na época do julgamento e crucificação de Jesus, Caifás era o Sumo Sacerdote de Jerusalém, nomeado pelo império romano.

No Evangelho de Mateus, capítulo 27, versículo 51 lemos que na hora em que Jesus morreu, as cortinas do Santo dos Santos se rasgaram de cima até em baixo. O que acontece quando as cortinas se rasgam? Compreendemos que no momento em que Jesus dá sua vida por nós todas as portas se abrem para chegarmos à presença de Deus. Cortinas rasgadas. Portas abertas. Dessa forma, a teologia do Antigo Testamento é redimensionada para abarcar a graça de Deus que nos vem por meio de Jesus Cristo. E a função de sumo sacerdote, antes atribuída por Deus a Arão e seus descendentes, é entregue às mãos de Jesus.

O autor da carta revela aos hebreus que Jesus não glorificou a si mesmo para se tornar sumo sacerdote. Jesus foi glorificado como Sumo Sacerdote pelo próprio Deus. Deus disse: Tu és meu Filho. Hoje te gerei (Hb 1.5; 5.5; Atos 13.33). Além de dizer que foi o próprio Deus quem reconheceu o sacerdócio de Jesus, o autor situa o sacerdócio de Jesus na linhagem de Melquisedeque que é anterior à linhagem sacerdotal da tribo de Levi. Em Gênesis 14.18ss, lemos que Melquisedeque era rei e sacerdote. Melquisedeque abençoou Abraão quando Arão nem havia nascido.

A carta aos Hebreus nos chama a atenção para a condição divina de Jesus como Sumo Sacerdote. Mas também faz questão de destacar a humanidade de Jesus, sua angústia, sua dor, seu sofrimento no jardim do Getsêmani e na cruz do calvário. Em meio a lágrimas, orações e súplicas, Jesus aprendeu a ser fiel em sua missão (Hb 5.7-10). Em uma reflexão sobre reconhecimento de Jesus como sacerdote (Hb 5.6), Martim Lutero usa como referência a figura de um pai, de uma mãe que faz tudo em favor de seus filhos, de suas filhas. Para Lutero, a palavra sacerdote soa mais agradável e consolador do que papai e mamãe. E nos diz:

Sacerdote é palavra tão poderosa e querida, que sobre a terra não pode haver palavra mais amável e agradável. Soa muito melhor aos ouvidos chamar Cristo de Sacerdote do que de Senhor. Sacerdócio é poder espiritual, o que significa nada mais do que isso: o sacerdote vem e toma sobre si todos os males do povo, como se fossem seus próprios. Depois intercede por todos perante Deus e recebe dele a palavra pela qual pode consolar a todos e ajudar-lhes. (...).

É deveras notável o fato de Martim Lutero dizer que a palavra sacerdote é mais amável, mais agradável e mais consoladora que a palavra papai e mamãe. Depois de sofrer terrivelmente por acreditar em Deus como um juiz severo, castigador, Lutero vive a experiência maravilhosa de conhecer a Deus como o Deus da graça. Deus que não exige sacrifícios, penitências. Para Lutero, com o batismo cada pessoa se torna sacerdote para anunciar a graça de Deus. Graças a essa experiência de fé, Lutero é capaz de nos dizer que a palavra sacerdote soa mais amável, mais agradável e mais consoladora que a palavra papai e mamãe.

Normalmente dizemos que nada se compara ao amor de um pai, de uma mãe. Algum tempo atrás conheci uma história de resistência de uma mãe teuto-brasileira. Durante a segunda guerra mundial foi proibido o uso da língua estrangeira no Brasil, entre elas, a língua alemã. Ninguém podia falar em alemão e todos os documentos e outros materiais tiveram que ser escondidos ou, até mesmo, destruídos, sob o risco de prisão de seus proprietários. Ao chegar à casa de uma família, o policial viu um Wandschoner (panô de parede) pendurado na parede da cozinha. Ao ser questionada pelo policial, a dona da casa justificou: O senhor não sabe o que está escrito, pois o senhor não lê alemão, não é? É uma oração. Todos os dias, enquanto estou na cozinha, fico olhando para aquela oração e pedindo a Deus que proteja meu filho que está na Itália, na guerra, defendendo o Brasil. Depois de ouvir esta resposta, o policial foi embora e não mais voltou para resolver a questão de acordo com a lei.

Ao lembrar histórias como essa, nos damos conta de quão amável é, para Lutero, a palavra sacerdote e, quão grande é a força de uma mãe, a ponto de testemunhar o amor e a proteção de Deus, mesmo correndo o risco de ser presa. Os panôs de parede, a palavra bíblica e, especialmente, neste culto, a palavra da carta aos Hebreus, nos falam da misericórdia e do infinito amor de Deus em Jesus, o Sumo Sacerdote. Que a mensagem deste domingo nos faça sentir e testemunhar o amor e a graça de Deus. Que nas nossas casas sejam colocadas mensagens que falam do amor e da bênção de Deus. Como testemunhavam as bordadeiras no passado e hoje: Gott segne dieses Haus und alle die da gehen ein und aus. (Deus abençoe esta casa e todas as pessoas que nela entram e saem).

Amém.



Pa. Marli Brun
Ivoti, RS Brasil
E-Mail: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

_________________
crscapixaba-admin
_______________________________________
Administrador do forúm cristao-lutereno
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
crscapixaba-admin
Admin

Masculino Pontos : 1051
Reputação : 0
Data de nascimento* : 17/06/1986
Data de inscrição : 16/03/2011
Idade : 31
Residência* Residência* : Jaraguá do Sul - SC

http://cristaoluterano.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum