Cristão Luterano
Bem-vindo Visitante!

IMPORTANTE! LEIA!

Faça seu cadastro e tenha liberdade para ler todos os tópicos do fórum Cristão Luterano. Aproveite o cadastro para conhecer e aprender.

_________________________
crscapixaba-admin
ADMINISTRADOR





Leia as CONDIÇÕES E REGRAS do Fórum:


Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Jeremias 1.4-10
Ter Jan 29, 2013 5:23 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 4.14-21
Ter Jan 29, 2013 5:15 pm por crscapixaba-admin

» 1 Coríntios 12.1-11
Ter Jan 29, 2013 5:12 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 2.15-21
Ter Jan 29, 2013 4:58 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 3.15-17, 21-22
Ter Jan 29, 2013 4:44 pm por crscapixaba-admin

» Sofonias 3.14-20
Sex Dez 14, 2012 9:26 am por crscapixaba-admin

» 1 Tessalonicenses 3.9-13
Qua Nov 28, 2012 9:32 am por crscapixaba-admin

» Marcos 13.1-8
Ter Nov 20, 2012 10:05 am por crscapixaba-admin

» 1 Reis 17.8-16
Sex Nov 09, 2012 4:02 pm por crscapixaba-admin

Tópicos mais ativos

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 16 em Sab Mar 30, 2013 10:02 am

Lucas 24.36b-48

Ir em baixo

Lucas 24.36b-48

Mensagem por crscapixaba-admin em Qui Abr 19, 2012 3:57 pm



Lucas 24.36b-48

3º Dom. de Páscoa


Quem de nós já perdeu um ente querido? Que já sentiu a dor e a tristeza da perda e passou
pelas fases do luto?
Durante o período de luto e perda, aflora no
enlutado diversos sentimentos e emoções, como: o choque, as dúvidas e
incertezas, o isolamento, a aflição e a falta de fé. É nesta ocasião, quando se
perde alguém, a fé é testada, a esperança pela ressurreição é colocado à prova
e a confiança nas promessas de Deus é observada.


Diante de tudo isto, onde encontramos paz e
segurança? Em Cristo! A paz que necessitamos procede do Filho de Deus.


Em Lucas 24. 36b-48, Jesus ensina que sua
morte e ressurreição foi para conceder paz e salvação a todo que n’Ele crer. Por
essa verdade, enquanto cristãos no mundo, somos incumbidos e ordenados por Deus
para pregar e testemunhar o Evangelho da Paz.



1. Segundo Lucas, Jesus aparece pela primeira vez aos discípulos e os concede
sua paz.
Isso por causa dos últimos acontecimentos: seu mestre foi morto de
forma humilhante na cruz; suas vidas estão em perigo e risco de perseguição e
morte pelas lideranças judaicas. Os discípulos estão ansiosos, aflitos e cheios
de dúvidas (Lc 24.38; Jo 20.19); Isso porque a morte de Jesus foi assustadora e alarmante, ameaçou a firmeza da fé e a união dos discípulos.

Incapazes de compreender os fatos, a perda e o luto e, quando a dor os atinge, a tendência é distanciamento e perda de esperança.

Quando Jesus retorna à vida e aparece pela primeira vez diante dos discípulos, Ele os concede paz: “Que a paz esteja com vocês!”– e, paz é renovação da esperança e da fé, consolo e amparo. O Salmo 23 esclarece a emoção de viver em paz: “me faz descansar em pastos verdes e me leva a águas tranquilas”.

COMPARAÇÃO (CASA). Em outras palavras, a paz de Cristo compara-se a função de nossa
casa
– ou apartamento. Tem a função de nos proteger do perigo, amparar nossa vida e nos passar
tranquilidade. Da mesma forma, em Cristo nós encontramos refúgio e salvação. - Pela
fé, Cristo nos ajuda a enfrentar nossos medos e nos encoraja a superar as
adversidades. - Em Jesus não há frustração e, sim esperança!


À volta/ressurreição de Jesus confirma que a vida continua mesmo após a morte - A morte não é o fim de tudo! Do contrário, Jesus teria morrido em vão na
cruz. Em verdade, Jesus Cristo tomou sobre si o
terrível sofrimento da cruz para que nós pudéssemos viver e morrer em paz
.


2. E o Senhor Jesus dar provas de que morreu e ressuscitou. Cf. Lc 24.40-43, Jesus mostrou provas visíveis e palpáveis,
pois
: 1. Viram o seu corpo; 2. Ouviram-no falar; 3. Tocaram nele; e 4. Viram-no comer um pedaço de peixe assado (e um favo de mel [Cf. AR]).
Comprovou-se, deste modo, o testemunho das mulheres que foram ao sepulcro no
domingo de manhã para perfumar o corpo de Jesus e não O encontraram (Jo 24.1ss).


3. Querida comunidade! Jesus ao ver a situação de medo e luto dos
discípulos, surge diante deles e aquieta seus corações. Permite que entendam
e compreendam os fatos através do seu corpo ressuscitado e da explicação das
Escrituras Sagradas
= a Lei de Moisés, os livros dos Profetas e os Salmos (v.45).


Jesus afirma que TUDO QUE ELE PASSOU FOI PARA CUMPRIR
AS ESCRITURAS
(v. 44-48).


Jesus explica as Escrituras Sagradas a fim de
preparar seus discípulos na tarefa de cooperar com a Missão de Deus – de serem
testemunhas ativas e fervorosas, guiadas pelo poder do Espírito Santo.



4. Jesus assegura: “Vocês são testemunhas dessas coisas” (Lc 24.48).Ou seja, os discípulos são testemunhas
oculares da morte e ressurreição de Jesus.


(Eles acompanharam Jesus
durante toda sua vida pública - ao pregar e ensinar por meio de parábolas e realizar
curas e milagres maravilhosos. Assim como Jesus foi enviado ao mundo pelo Pai,
Jesus envia agora seus discípulos para proclamar o Evangelho da Paz).


Pela paz de Cristo e pelo poder do Espírito Santo
os discípulos são encarregados de:

1. Pregar o arrependimento e o perdão dos pecados (cf. Lc 24.47-48);
2. Anunciar que Jesus é o Messias prometido, que tinha que sofrer e
ressuscitar no terceiro dia para cumprir as Escrituras Sagradas (cf. Lc 24.44-46);

3. Propagar a nova fé pelo mundo, fazer novos
discípulos e os batizar em nome do Deus Triúno (cf.
Mt 28.18-20
).



5. Da mesma forma como os discípulos foram as primeiras testemunhas do
Evangelho, hoje, confere aos cristãos
tal ordem e missão. PELA FÉ E PELO BATISMO, Nós somos testemunhas dO ANÚNCIO DA paz e da
ressurreição de Jesus Cristo.


Agora é o nosso desafio, nossa vez de
cooperar com a Missão de Deus. Não podemos dizer que isso é trabalho somente do
pastor e da pastora, mas a Palavra de Deus necessita ser falada por todo cristão.
Pelo batismo fazemos parte do corpo de Cristo – do sacerdócio geral, e Deus nos
incumbe a falar de Jesus, Ele que trouxe paz ao mundo.


Martim Lutero assim dizia: “Ser cristão é viver
a sua vocação”
. Ser cristão não tem hora nem lugar ou momento. Aonde quer
que estejamos podemos ali servir o Senhor de todo o coração. Em Cristo,
somos motivados a arregaçar as mangas e dar o nosso tempo ao serviço e a
dedicação exclusiva da Missão de Deus.



“Não precisamos de grandes discursos, mas de pequenos testemunhos que
fazem com que as pessoas percebam a presença de Deus em suas vidas.”[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aonde a Palavra de
Deus for pregada, testemunhada e vivida, haverá a Paz de Deus. E, que Deus nos
ajude. Amém.




Por Carlos
Rominik Stur



B.el em
Teologia



Assistente
Paroquial na Paróquia da Paz



Joinville-SC






[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] Prédica
de Lucas 24.36b-48. P. Valdir
R. Gromann. 22.04.2012= Göttinger Predigten

_________________
crscapixaba-admin
_______________________________________
Administrador do forúm cristao-lutereno
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
crscapixaba-admin
Admin

Masculino Pontos : 1051
Reputação : 0
Data de nascimento* : 17/06/1986
Data de inscrição : 16/03/2011
Idade : 32
Residência* Residência* : Jaraguá do Sul - SC

http://cristaoluterano.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum