Cristão Luterano
Bem-vindo Visitante!

IMPORTANTE! LEIA!

Faça seu cadastro e tenha liberdade para ler todos os tópicos do fórum Cristão Luterano. Aproveite o cadastro para conhecer e aprender.

_________________________
crscapixaba-admin
ADMINISTRADOR





Leia as CONDIÇÕES E REGRAS do Fórum:


Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Jeremias 1.4-10
Ter Jan 29, 2013 5:23 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 4.14-21
Ter Jan 29, 2013 5:15 pm por crscapixaba-admin

» 1 Coríntios 12.1-11
Ter Jan 29, 2013 5:12 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 2.15-21
Ter Jan 29, 2013 4:58 pm por crscapixaba-admin

» Lucas 3.15-17, 21-22
Ter Jan 29, 2013 4:44 pm por crscapixaba-admin

» Sofonias 3.14-20
Sex Dez 14, 2012 9:26 am por crscapixaba-admin

» 1 Tessalonicenses 3.9-13
Qua Nov 28, 2012 9:32 am por crscapixaba-admin

» Marcos 13.1-8
Ter Nov 20, 2012 10:05 am por crscapixaba-admin

» 1 Reis 17.8-16
Sex Nov 09, 2012 4:02 pm por crscapixaba-admin

Tópicos mais ativos

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 16 em Sab Mar 30, 2013 10:02 am

Mateus 28.16-20 - Trindade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mateus 28.16-20 - Trindade

Mensagem por crscapixaba-admin em Qua Jun 15, 2011 11:40 am







Mateus 28:16-20


Horst R. Kuchenbecker
1º Domingo após Pentecostes, 18.05.2008

Festa da Santíssima Trindade

A Igreja Cristã celebra hoje a festa da Santíssima Trindade. As grandes festas do amor de Deus se encontram todas no primeiro semestre do ano eclesiástico: Natal, no qual celebramos o amor de Deus Pai; Sexta-feira Santa, Páscoa e Ascensão, nos quais celebramos o amor de Cristo, seu sacrifício vicário, sua vitória sobre nossos inimigos, o seu assentar-se à direita do Pai; e Pentecostes, no qual lembramos o amor de Deus Espírito Santo, o Consolador que atua por palavra e sacramentos, levando e conservando-nos na fé, edificando a Igreja Cristã e guiando os fiéis.

No segundo semestre do ano eclesiástico não temos festas especiais, mas relembramos o amor do Deus Triúno.

Mas o que significa hoje para a cristandade este festa da Santíssima Trindade? É muito comum em nossos dias da globalização ouvir afirmações como: Deus é um só. Não importa como uma pessoa o invoca, o que importa é que a pessoa seja sincera e pratique sua religião.

Os cristãos o chamam de Deus Triúno, os judeus o chamam de Jeová, os islâmicos de Alá, outros o chamam de Espírito Superior, outros ainda de energias cósmica, etc. A isso se acrescentam ainda as afirmações: No fundo é tudo a mesma coisa. Não devemos ser radicais nem fanáticos, mas tolerantes. Tais afirmações parecem simpáticas, mas precisamos examiná-las à luz da palavra de Deus.

Vamos, pois, neste dia da festa da Santíssima Trindade refletir sobre o verdadeiro e único Deus, sua manifestação pela Palavra e o que significa crer em Deus.

1. Deus - Como posso conhecê-lo? Confessamos no Credo Apostólico: "Creio em Deus Pai Todo-poderoso, Criador do céu e da terra". Deus é espírito eterno. Não é palpável, nem visível. Só posso crer neste mistério.

Mas, em nossos dias da ciência, nos quais as pessoas querem e buscam conhecer e conquistar tudo, detestam mistérios. Tudo precisa ser desvendado. Não há lugar para mistérios. Mistério é sinônimo de ignorância. Assim o homem quer, como no tempo da torre de Babel, descobrir Deus através da sua razão, sua inteligência e sua força. Será possível? Não! Deus não é algo que o homem possa descobrir e manejar.

Antes da queda em pecado, quando o homem possuía a imagem divina, isto é, o bem-aventurado conhecimento de Deus, ele conhecia a Deus. E este conhecimento o enchia de profunda alegria, paz e felicidade. O homem tinha prazer em Deus. Mas, pela queda em pecado perdemos a imagem divina. Hoje, por mais inteligente que alguém seja, ele não pode descobrir nem alcançar a Deus. Confessamos com Lutero na explicação do Credo Apostólico: "Creio que por minha própria razão ou força não posso crer em Jesus Cristo, meu Senhor, nem vir a ele".

Não posso gerar a fé em meu coração, nem no coração de meus filhos ou amigos. Este conhecimento de Deus, esta fé que é vida, só Deus pode gerar no coração e conservá-la.

Mas, quando falamos de Deus e de religião, a maioria das pessoas considera a fé um ir a Deus, um mover-se a Deus, um buscar a Deus, um tomar uma decisão em favor de Deus, um entregar-se a Deus, um fazer de Deus o Senhor de sua vida.

Bem, isto de fato acontece na fé, mas não por nossa força, mas pela graciosa ação e força de Deus. Pois nós somos, por natureza, espiritualmente cegos, mortos e inimigos de Deus. Para alguém conhecer a Deus e achegar-se a ele, é preciso que Deus se chegue primeiro a ele.

2. Deus se revelou e chega a nós - Que notícia sublime, que boa nova! Deus se manifestou à humanidade. Sim, ele veio e vem ao nosso encontro. Foi ele quem buscou a Adão e Eva após a queda, não eles a Deus. Eles fugiram e se esconderam. O escritor da carta aos Hebreus afirma: "Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo" (Hebreus 1.1-2 RA).

Deus continua ainda hoje a nos buscar e se revela à humanidade não por sonhos, visões, ou outras manifestações, mas pela Palavra escrita, a Bíblia. Se alguém quer conhecer a Deus, precisa ler a Bíblia. Fora dela não há verdadeiro conhecimento de Deus.

E aqui no Brasil, como no mundo, somos gratos a Deus pelas Sociedades Bíblias e seus esforços em traduzir esta palavra para as diversas línguas e idiomas. A Sociedade Bíblica do Brasil propôs que este ano seja considerado aqui no Brasil o Ano da Bíblia, um incentivo para que cada lar possua uma Bíblia e a leia.

Mais um detalhe. Afirmamos que somos espiritualmente cegos. Logo, mesmo lendo a Bíblia, nossa razão nada entende, julga tudo isso loucura e escândalo (1 Co 1.23). É preciso que o Espírito Santo nos ilumine com seus dons. E ele o faz exclusivamente pela Palavra, não fora da Palavra. Ele atua poderosamente pela Palavra.

A palavra de Deus é o poder de Deus que regenera, faz renascer, dá olhos novos e um coração novo. Por isso, ao tomarmos a Bíblia nas mãos suplicamos que o Espírito Santo nos ilumine, nos ensine, nos guie à toda a verdade.

Pela palavra de Deus o Espírito Santo abre nossos olhos para reconhecermos esta palavra como a palavra de Deus e a aceitarmos e confiarmos nela. Por exemplo: Muitos viram Jesus e seus milagres e ouviram seus ensinos. Mas poucos viram nele o unigênito Filho de Deus.

Quando Jesus perguntou a seus discípulos: "Que diz o povo quem eu sou? E vocês?" Então o apóstolo Pedro confessou: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo". Então, Jesus lhe afirmou: "Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus" (Mateus 16.16-17 RA).

Para isso Jesus prometeu enviar o Espírito Santo, para nos guiar em toda a verdade (João 16.13 RA). É preciso lembrar que o Espírito Santo só opera pela palavra de Deus, não fora dela. Por isso Deus admoesta pelo profeta Jeremias: "Ó terra, terra, terra! Ouve a palavra do SENHOR!" (Jeremias 22.29 RA). E o apóstolo Paulo afirma: "E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo" (Romanos 10.17 RA). E: "Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração (Colossenses 3.16 RA).

O único e verdadeiro Deus se revelou e revela à humanidade em sua Palavra. Ali ele se revela como um Deus único, de uma só essência divina, em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo. Um Deus que é um espírito eterno, santo, justo, verdadeiro, bondoso gracioso e misericordioso.

Assim ele se revelou desde o início da criação. Assim ele quer ser conhecido e adorado. Todas as outras concepções de Deus são aberrações, idolatria que Deus condena, por mais sinceras e sacrificiais que sejam.

Esta ação do Espírito Santo, no entanto, é resistível. Alguém pode resistir à graciosa ação do Espírito Santo. Jesus chora sobre Jerusalém: "Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis eu reunir os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das asas, e vós não o quisestes!" (Mateus 23.37 RA). E Estevão teve que dizer aos judeus: "Homens de dura cerviz e incircuncisos de coração e de ouvidos, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim como fizeram vossos pais, também vós o fazeis" (Atos 7.51 RA).

Nossos pais resumiram os ensinos bíblicos a respeito de Deus nos três Credos Ecumênicos. E dizemos com toda razão e força no Credo Atanasiano: "Esta é a verdadeira fé cristã. Aquele que não o crer com firmeza e fidelidade, não poderá ser salvo".

É uma palavra dura, intolerante? Sim! Mas é assim que Deus o afirma e coloca. Ouvi alguém dizer: Eu creio só na primeira pessoa de Deus, em Deus Pai, num Deus supremo. Ora Jesus afirmou com clareza: "Eu e o Pai somos um" (João 10.30 RA). E: "A fim de que todos honrem o Filho do modo por que honram o Pai. Quem não honra o Filho não honra o Pai que o enviou" (João 5.23 RA).

Sim, Deus quer ser adorado conforme ele se revelou em sua palavra, a Bíblia Sagrada. Ela é verdade absoluta. Dela não podemos abrir mão. Fora da Palavra toda a adoração é idolatria e abominação a Deus.

3. A Palavra que liberta - Este Deus nos ama e nos libertou. Na festa da Santíssima Trindade lembramos o grande, infindo amor libertador do Deus Triúno: Pai, Filho e Espírito Santo, um só Deus em três pessoas distintas. Quero resumi-lo numa palavra do apóstolo Paulo: "Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor, no qual temos a redenção, a remissão dos pecados... e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus. E a vós outros também que, outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas, agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis, se é que permaneceis na fé, alicerçados e firmes, não vos deixando afastar da esperança do evangelho que ouvistes e que foi pregado a toda criatura debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, me tornei ministro" (Colossenses 1.13-14, 20-23 RA).

Que Deus maravilhoso! Não é em vão que Jesus afirmou: "E bem-aventurado é aquele que não achar em mim motivo de tropeço" (Mateus 11.6 RA).

Vejam, ele nos libertou do império das trevas, do reino de Satanás no qual nascemos.

[Se houver batismo podemos incluir as seguintes palavras: Hoje estas crianças serão libertadas do império das trevas pelo batismo, o meio pelo qual Deus derrama sua graça em seus corações, e os transporta para o reino do seu amor].

Nós não podemos nos libertar. Ele nos libertou. Em primeiro lugar pos sua morte na cruz. Ali ele pagou pelo nosso pecado. Por sua ressurreição triunfou sobre nossos inimigos. Pelo seu Espírito Santo nos levou à fé. Pela fé recebemos o perdão dos pecados e nos tornamos membros do seu reino. Eu não posso me transportar para o seu reino. Ele o faz. Ele nos libertou, ele nos transportou, ele nos salvou. Louvado seja Deus.

4. Temos um Deus gracioso e maravilhoso, a ele queremos servir - Este Deus nós queremos amar. Nele queremos crer, confiar e nos alegrar nesta salvação. Sendo libertados e membros do seu reino, queremos viver como filhos de Deus por amor a ele. Amá-lo de todo coração, isto inclui ouvi-lo, servi-lo, e segui-lo.

Adoramos o mistério da Trindade na unidade e a unidade na trindade. Nós nos alegramos em seu amor. Jubilamos na paz e na esperança da vida eterna.

Por isso dizemos jubilosos: "Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio agora é e por todo o sempre há de ser. Amém". Amém.



Horst R. Kuchenbecker
São Leopoldo, RS ? Brasil
E-Mail: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
crscapixaba-admin
Admin

Masculino Pontos : 1051
Reputação : 0
Data de nascimento* : 17/06/1986
Data de inscrição : 16/03/2011
Idade : 31
Residência* Residência* : Jaraguá do Sul - SC

http://cristaoluterano.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum